POMPOARISMO E FISIOTERAPIA PÉLVICA, É TUDO A MESMA COISA???

10/03/2019

Muitas mulheres já entendem a importância de exercitar sua musculatura do assoalho pélvico não apenas para melhorar o prazer sexual, mas também de forma preventiva para manter o controle esfincteriano de fezes e urina, e melhorar o suporte de seus órgãos internos, inclusive na gestação e parto.

Quando o assunto é exercícios para o assoalho pélvico outros termos como Pompoarismo, Ginástica Íntima, e Exercícios de Kegel também são utilizados, o que acaba gerando uma certa confusão entre as mulheres.

Os Exercícios Kegel são exercícios criados por Dr. Arnold Kegel (ginecologista americano) na década de 1940 e da mesma forma que a ginástica íntima tem o objetivo de fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico. Já o Pompoarismo é uma prática oriental milenar, que tem sua origem na índia e deriva dos rituais sexuais do tantra, antigamente no oriente essa técnica era passada de mãe para filha, a mulher através do controle da contração e relaxamento do assoalho pélvico utiliza essa musculatura para sentir mais prazer e estimular o parceiro. Atualmente o pompoarismo é muito falado nas mídias sociais apesar da técnica ainda ser pouco explorada pelas ocidentais.

É comum mulheres que procuram os cursos de pompoarismo para melhorar seu desempenho sexual acabarem se frustrando e desistindo, por não entenderem ou não conseguirem executar as contrações e manobras propostas. Isso acontece porque a maioria sente vergonha, não conhece seu corpo, não entende o funcionamento dos órgãos sexuais, não sabe contrair a musculatura correta, ou não tem coordenação e força muscular suficientes para executar as manobras. As manobras do pompoarismo exigem ainda controle da musculatura respiratória e dos abdominais. Toda essa dificuldade é compreensível entre às ocidentais devido à grande diferença cultural.

A Fisioterapia Pélvica com seu olhar e com sua abordagem diferenciada consegue aliar a ciência à essa prática milenar e torna-la acessível à essas mulheres. A biomecânica, a cinesiologia (ciências que estudam o movimento), a anatomia e a fisiologia são fundamentais para o entendimento dos movimentos do pompoarismo, de como funciona o corpo da mulher, sua resposta sexual e os benefícios que esses exercícios podem proporcionar.

Por isso o trabalho da fisioterapia é diferenciado, trata caso a caso, e desta forma consegue atender à necessidade específica de cada mulher. A observação da história clínica também é muito importante pois podem haver disfunções já instaladas que precisam ser tratadas, por isso  é necessário que seja feita uma avaliação minuciosa, e também um exame físico da pelve e da musculatura do períneo. A partir daí será traçada a conduta terapêutica mais adequada e um programa de exercícios cinesiológicos funcionais exclusivos que possibilitarão a cada mulher, desenvolver de forma gradativa a força, resistência e coordenação necessárias para melhorar sua performance sexual e seu prazer.

Viviane Ferraz Monteiro - Doctoralia.com.br
 Email: vmonteiro.fisioterapia@gmail.com                     WhatsApp:  (62) 98172-8722 ou (62) 4102-1460
Endereço: Av. T-61, no. 270, sala 208 - Setor Bueno - Goiania - GO - EM FRENTE AO SHOPPING BUENA VISTA                          
Desenvolvido por Webnode
Crie seu site grátis!