OBESIDADE E INCONTINÊNCIA

01/02/2020

A obesidade atinge aproximadamente 20% da população, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 2019, 55,7% dos brasileiros estavam acima do peso, e a taxa de obesidade entre os anos de 2006 e 2018 aumentou de 11,8% para 19,8%.


Essas estatísticas devem nos servir de alerta, pois a obesidade é um fator de risco bem estabelecido no desenvolvimento da INCONTINÊNCIA URINÁRIA, sua prevalência aumenta com o peso. Estudos indicam que pacientes com IMC acima de 40kg/m2 (obesidade grau III) tem 3x mais risco de desenvolver Incontinência aos Esforços e 6x mais de desenvolver Incontinência de Urgência. 


Porque a obesidade leva a Incontinência? 

O aumento de pressão intra-abdominal de forma crônica gera uma sobrecarga nas extruturas pélvicas:

- Reduz o fluxo sanguíneo

- Altera a inervação e funcionamento da bexiga

- Favorece a hipermobilidade da uretra

- Propcia o estiramento dos ligamentos e o aparecimento de prolapsos 

- Diminui a resistência do assoalho pélvico 


A obesidade também contribui para desevolvimento de uma incontinência funcional já que o paciente pode apresentar dificuldade de caminhar e chegar a tempo ao banheiro. 


Perder peso ajuda? 

Sim! Como vários estudos já demonstraram ao reduzir o peso o paciente reduz também a incontinência e melhoram os sintomas. Por isso um atendimento multidisciplinar, pelo médico assitente, nutricionista e fisioterapeuta garantem melhores resultados ! 


Ei, você que está obeso e já apresenta sintomas, não tenha vergonha, fale com seu médico ou procure um Fisioterapêuta Pélvico, a incontinência tem tratamento. 

E você que está acima do peso, mas ainda não está perdendo urina? Previna-se! Manter o assoalho pélvico saudável e manter uma dieta adequada para reduzir o peso diminui o risco de desenvolver incontinência. 

E ainda você que já passou por um programa de redução de peso ou uma cirurgia bariátrica, não esqueça de cuidar o abdome e do assoalho pélvico! A fisioterapia pode ajudar na sua recuperação, no tratamento da diástase do reto abdominal e muito mais!

Viviane Ferraz Monteiro - Doctoralia.com.br
 Email: vmonteiro.fisioterapia@gmail.com                     WhatsApp:  (62) 98172-8722 ou (62) 4102-1460
Endereço: Av. T-61, no. 270, sala 208 - Setor Bueno - Goiania - GO - EM FRENTE AO SHOPPING BUENA VISTA                          
Desenvolvido por Webnode
Crie seu site grátis!